A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Only variable references should be returned by reference

Filename: core/Common.php

Line Number: 257

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /nfs/c06/h04/mnt/185637/domains/memoriasdocomerciosp.museudapessoa.net/html/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: controllers/home.php

Line Number: 3

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /nfs/c06/h04/mnt/185637/domains/memoriasdocomerciosp.museudapessoa.net/html/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: controllers/home.php

Line Number: 3

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /nfs/c06/h04/mnt/185637/domains/memoriasdocomerciosp.museudapessoa.net/html/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

Museu da Pessoa

Vale do Paraíba

O Projeto Memórias do Comércio chegou ao Vale do Paraíba em 2003, quando o projeto estava prestes a completar dez anos. Mais uma vez, optou-se pelo registro da trajetória de pessoas que têm seu dia a dia tomado pela prática e pela arte do comércio.

O mapeamento para as entrevistas de história de vida levantou 50 nomes entre as cidades de Taubaté, São José dos Campos e algumas cidades menores, porém não menos importantes. Vinte e cinco personagens gravaram suas narrativas e contribuíram para divulgar o vigor das memórias do comércio nessa região do Estado de São Paulo.

Optamos por contar a história do comércio e das cidades do Vale do Paraíba a partir de sua marca mais característica: seu papel de interligação entre as duas mais importantes capitais brasileiras. Pois desde os tempos coloniais, o Vale do Paraíba já constituía como uma extensão natural entre Rio de Janeiro, onde estava a corte e, portanto, o poder, e São Paulo, cidade que mais cresceria no século XX. Dessa maneira, o Vale configurou-se como rota fundamental na abertura de caminhos para circulação de mercadorias: primeiro no lombo das mulas, depois nos trilhos das ferrovias e, finalmente, no asfalto das autoestradas. Assim os parâmetros para a estruturação do projeto e de seus produtos enfocou as três rotas pelas quais chegavam e saíam as mercadorias do vale: a rotas dos tropeiros, a rota das ferrovias e a rota das rodovias.

A rota dos tropeiros destaca a importância da ligação entre as capitanias de São Paulo e Rio de Janeiro e, mais tarde, com Minas Gerais. Aí estão representadas as cidades de Paraibuna, Guaratinguetá e Bananal. Já a rota das ferrovias dá destaque às transformações econômicas e sociais que a chegada da estrada de ferro trouxe para a região através da produção cafeeira do século XIX. Caçapava, Jacareí e o distrito de Quiririm demonstram essa evolução no Vale do Paraíba.

Por fim, a rota das rodovias, em pleno século XX, traz a presença das cidades que sofreram o impacto da inauguração da Rodovia Presidente Dutra e a chegada da era industrial. Aqui estão, além de Lorena e Pindamonhangaba, as cidades de Taubaté e São José dos Campos, que, além de serem as maiores cidades da região na atualidade, também concentram polos de indústria e de serviços.

A pesquisa também levantou o histórico de 34 cidades da região, com destaque para aquelas que representam, de forma mais significativa, a evolução do comércio no Vale do Paraíba. Foram produzidos um livro, um hot site e uma exposição itinerante.